Live Sessions I & II

by JOE MOOK

/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.

      name your price

     

1.
2.

about

credits

released June 26, 2017

Recorded, mixed and mastered by Francisco Monteiro
Filmed and edited by Miguel Cummins

tags

license

all rights reserved

about

JOE MOOK Lisbon, Portugal

contact / help

Contact JOE MOOK

Streaming and
Download help

Track Name: Velho Jack - Live session I
Saio daqui com um olhar suspeito
dou uns passos e olho à volta quando
puxo um cigarro do maço ao peito
nem eu sei quantos eu matei tantos

Foram quantos vieram só os que vieram
não disseram:
"Fósforo acesso não faças isso Jack"
cuidado comigo, peço
acabar com isto, check

A noite nesta aldeia é mais fria
Deus nunca esqueceria
nos duelos que travos todos os dias
mato criminoso os maus da fita

Mesmo assim sou procurado porquê?
dizem que sou ladrão de gado
Paro, rio-me, disparo
lá se foi o xerife, reparo
Ups, sou acusado!

Isto é a historia do velho Jack fora de lei
segundo a lei um zé ninguem,
sabe-se que tem capacidades que vão pralem do bem ou mal não sei
diz-se quando Jack para, para tudo e para mesmo
os olhares congelam-se e chega o medo, as familias escondem-se e ficam

Todas dentro de casa, casa a casa bate à porta, pede cigarros e companhia
come algo partilha histórias
transmite confiança mas nunca muita, nunca sentia
empatia suficiente era completamente indiferente a quem

Via como a luz do dia que vai e vem
sem sequer pensar em quem, medo da noite tem
e desaparece, tudo esquece, deixa a aldeia, a aldeia enlouquece
nada sente, nada quer, esta é a história do velho Jack

Saio daqui com um olhar suspeito
dou uns passos e olho à volta quando
puxo um cigarro do maço ao peito
nem eu sei quantos eu matei tantos

Foram quantos vieram só os que vieram
não disseram:
"Fósforo acesso não faças isso Jack"
cuidado comigo, peço
acabar com isto, check
Track Name: Oscilante - Live session II
Sentado, relaxado na baia
Queria só vê-la de lado
Foi só mais um papel enrolado
Na minha esperança na luz do dia

Espero sentado, relaxado
Quando sentir que aqui nao estou
Não me perco, onde vou
Nunca espero, estou sentado

E a razão que despertou
E o tempo que estagnou
Nao foi assim que eu pensei
Nem as linhas eu guardei

Não faço ideia do que espero
Nao faço ideia do que quero

Sentado, relaxado na baia
Queria só vê-la de lado
Foi só mais um papel enrolado
Na minha esperança na luz do dia

Espero sentado, relaxado
Quando sentir que aqui nao estou
Onde perco? onde vou.
Nunca espero, quero entrar

E a razão que despertou
E o tempo que estagnou
Nao foi assim que eu pensei
Nem as linhas eu guardei

Não faço ideia do que espero
Nao faço ideia do que quero